Imagem capa - COMO TIRAR FOTOS LINDAS DO(A) SEU(SUA) FILHO(A) COM O CELULAR  por Raphael Luna
Dicas

COMO TIRAR FOTOS LINDAS DO(A) SEU(SUA) FILHO(A) COM O CELULAR


A fotografia ganhou um espaço muito importante nas nossas vidas nos últimos anos e isso se deve praticamente ao desenvolvimento e avanço das câmeras dos celulares. Os smartphones ficaram uma câmera, em sua maioria,  de excelente qualidade em nossas mão a todo momento e isso contribuiu para cada vez mais registrarmos o nosso dia dia e, principalmente, o crescimento dos nossos filhos e filhas. Afinal, qual mamãe e papai não tem o celular lotado de fotos das crianças? 


A questão é que nem sempre essas fotos saem do jeito que a gente idealiza ou gostaria que ficasse né ? 


Mas agora você vai receber algumas dicas para resolve-las! Muitos amigos e clientes me pedem dicas de como conseguir fotos legais da criançada com o celular e por isso resolvi escrever esse artigo para ajudar a mais e mais pessoas, pois considero a câmera do celular uma ferramenta maravilhosa para quase todos os momentos. Sim, quase todos … logo vocês entenderão o porquê. 


Vamos as dicas! 




1 -  Conhecendo as Limitações dos Celulares


Por mais avançado que estejam os celulares hoje, eles possuem algumas limitações. A principal dela é a falta de iluminação e isso não significa somente a noite. Alguns lugares possuem pouca iluminação para o sensor do celular. O ideal sempre é aproveitar locais abertos com iluminação direta ou indireta do sol. Parques, pracinhas, piscinas, jardins … todos esses locais são ótimos para fotografar com o celular. Locais fechados também são possíveis de conseguirmos uma boa iluminação indireta do sol, se for tirar fotos dentro de casa, procure abrir as janelas e cortinas, deixe os brinquedos da criança ou a coloque para brincar próximo as janelas ou portas de varanda, isso será suficiente para conseguir uma boa luz. Se for preciso, acenda as luzes ou coloque um abajur próximo, mesmo durante o dia, isso ajudará bastante! 


Locais como shoppings e corredores mesmo que com bastante iluminação normalmente não são suficientes para o sensor do celular, as fotos acabam saindo borradas ou tremidas e sem nitidez. 


O uso do flash do celular nem sempre é recomendado, pois é uma luz direta, muito forte e não temos como controlar, isso acaba gerando uma imagem opaca e chapada, além de tirar toda espontaneidade da criança. Claro que não é para deixar de registrar um momento especial por causa disso, afinal, é melhor ter a foto daquele momento especial mesmo sem qualidade do que não ter nada, né ? 


Vou postar aqui em baixo alguns exemplos disso.







2 - Como Captar o Sorriso Natural


A pior coisa para nós é quando estamos fazendo algo que estamos nos divertindo e somos interrompidos por outra pessoa para fazer outra coisa, mesmo que por alguns segundos. Imagina para uma criança quando está brincando ter que parar para tirar uma foto e ainda ter que sorrir pra isso 🤣 … Pior,  nunca estamos satisfeito com a foto e pedimos 10 vezes para ela sorrir de novo hahahaha.

 

A dica é ter paciência. Deixar a criança continuar a brincar e espere o momento para tirar a foto. Outra possibilidade é você provocar o sorriso na criança, brinque com ela um pouco, fale uma besteira no contexto da brincadeira dela, assim ela vai dar aquela risada natural e aí você aproveita o momento! O que pode ser feito também é você fazer alguma palhaçada que a criança  ache graça, algo que já estejam acostumados.


O importante é não incomodar a criança para ela não associar o fato de  tirar uma foto como uma coisa chata 😏

 






3 - Uma das Coisas Mais Importantes Para Termos Boas Fotos é Seguir Algumas Regrinhas Básicas da Fotografia. 


  • Iluminação - Já falamos dela ali em cima… vamos passar para outra.


  • Enquadramento, composição e ângulo - Para fotos de crianças estar na mesma altura da criança faz toda a diferença! Abaixe-se e fique da altura dela na hora de tirar a foto. Isso fará você ter o mesmo ângulo de visão dela e até entender melhor o que ela está fazendo, além disso dessa forma você poderá ter um enquadramento mais bonito, explorando objetos da cena de acordo com as ações da criança e conseguindo uma composição na cena como um todo que ajudam a contar melhor o que estava acontecendo naquele momento.


  • Olhe o todo da Imagem - Veja se não tem nenhum objeto na cena que não precise estar na foto, movimente-se, se aproxime da criança ou mude a posição do celular para remover esse objeto da foto ou se for preciso e possível, remova ele fisicamente mesmo. As vezes tem uma planta, a parte de um móvel ou de uma pessoa que não precisa estar ali. Percepção e atenção são as palavras chaves nesse momento. 🧐



      





4 - Antecipe-se ao Momento


Sabe quando a criança está fazendo uma coisa e você percebe que daquele ponto surgirá uma reação engraçada ou ela provavelmente fará uma outra coisa, seja com um brinquedo ou com algum outro objeto do local que seja legal de registrar? Então, aproveite esses momentos e antecipe-se a eles, esteja preparada (o) para registrá-lo! 








5 - Pratique o Desapego.


Sabemos que não acertamos sempre e nem todas as fotos ficam boas, por sorte com o advento do digital temos a chance de tentar até acertar e conseguir a foto do jeito que a gente quer (ou o mais próximo possível). Mas quem nunca se deparou com a mensagem dizendo que não tinha maus espaço de armazenamento ? A melhor forma de evitar isso é praticado o desapego, sim, apagando as fotos que não ficaram boas - tremidas, fora de foco, c/ olhos fechados, a criança virou bem na hora - isso mesmo, apaga tudo que não serve… isso só atrapalha e as vezes perdemos um momento legal por falta de espaço para novas fotos. A melhor forma de guardar as fotos é imprimindo elas! (Spoiler de um próximo artigo - O que fazer com as fotos lindas que estão no seu telefone) 









6 - Tratamento das Fotos (“Faz um Photoshop Depois na Foto, Hein") 


Essa é uma das frases preferidas dos clientes hahahhaha…..  


Já é de conhecimento de todos que os fotógrafos usam programas de tratamento de fotos, e o Instagram popularizou isso nos smartphones com os famosos “filtros”. Depois disso surgiram muitos aplicativos de tratamento e aplicação de filtros e efeitos nas fotos. Eles são muito uteis e por vezes divertidos. Só sugiro que ao aplicarem esses filtros e objetos nas fotos (orelhinhas de urso e afins), procurem salvar como um novo arquivo, porque se salvar direto no arquivo original a foto “limpa"será perdida e no futuro isso pode deixar de ser legal além de perder uma foto que mostre todos os detalhes daquela fase da criança. 

O tratamento das fotos pode ser feito no próprio aplicativo de visualização que vem no sistema do aparelho (Fotos no iOS e Google Foto no Androide), eles não tem nada de básico, possuem opções avançadas para um smartphone e resolvem a maioria das situações, como Luz, Cor, Preto e Branco e outros…

Para quem quer mais funções e controles vou sugerir 3 opções de app:


Snapseed (iOS e Android) - O meu preferido, super completo e fácil de usar. Ele sozinho já resolve praticamente tudo ! E o melhor, grátis!  


Instaflash Pro (iOS) - Esse é um app completo, porém é pago. O que ele tem de maior vantagem sobre o Snapseed para mim é que é possível mexer no canal de cores individualmente. Isso é um recurso mais avançado, mas para mim é muito útil e vale o preço do app


VSCO  (iOS e Android) - Esse app tem como principal diferencial dele uma quantidade imensa de filtros para aplicar nas fotos. Uns simulam filmes antigos, porém alguns devem ser comprados dentro do app, mas os gratuitos já proporcionam efeitos legais.





Usando o SnapSeed









7 - Hora de Organizar as  Fotos.


Existem formas de organizar as mais simples são criar pastas no próprio celular separadas por temas: Viagens, Ano, Mês, Eventos, Lugares, etc. Vai da criatividade e necessidade de cada um. Outra forma é  colocando como favoritas as fotos que mais gostar, assim fica fácil de encontradas no meio das mais de mil fotos da galeria hahahaha. Além disso, é sempre bom colocar as fotos na nuvem, assim elas estarão seguras caso aconteça algo com o celular. 


A forma mais trabalhosa é transferindo elas para o computador e separar por pastas. Novamente eu digo que a melhor forma de ter as fotos não é no celular e sim impressas ou em álbuns. 





 




8 - Lugar de Foto é no Papel! 


Sim, sou um defensor ferrenho de revelar e imprimir as fotos. Sempre foi assim e nunca vai deixar de ser a melhor forma de termos as memórias da nossa família. Com o digital, perdemos o costume de revelar as fotos, principalmente por termos uma quantidade enorme de fotos iguais e já termos a imagem na tela. Mas isso é, na minha opinião, muito preocupante. Pense só: Você tem fotos de quando você era bebê,  da sua infância, adolescência… e nos últimos 5 ou 10 anos quantas fotos você tem da sua história, da sua vida? E seus filhos, será que eles vão gostar de rever essa fase deles quando forem maiores? Estamos vivendo um momento em que nunca se tirou tanta foto, mas ao mesmo tempo, nunca tivemos tão poucas fotos reveladas. O maior problema disso é que no futuro essas gerações digitais não terão suas histórias registradas e passadas para as próximas gerações. O celular podemos perder, o HD pode queimar, o pendrive pode parar de funcionar, o DVD daqui a pouco não teremos mais onde colocar… mas o álbum, a caixa de fotos e o porta retrato sempre estarão lá, prontos para serem apreciados e admirados…



Vou colocar um video da Digipix sobre esse assunto para vocês entenderem o que estou falando.










Dica Bônus - Momentos 


Quais as lembranças você que ter do(a) seu(sua) filho(a) para o futuro? O primeiro banho, a primeira vez sentando, começando a engatinhar, os primeiros passos, as descobertas, as primeiras visitas, as brincadeiras …  tudo isso é muito legal de ser registrado, mas importante que registrar é viver o momento. Não deixe de viver e fazer parte desses momentos com seus filhos, isso é muito mais importante que registrá-los! 





Se você gostou dessas dicas, cadastre seu email para ficar por dentro das próximas!